Sunday, August 30, 2020

Índice do 11.º ano (2020-2021)

11.º ano (2020-2021) Sumários e tepecês; Aulas (1.º período, 1.ª parte: 1-24); Aulas (1.º período, 2.ª parte: 25-48); Aulas (2.º período, 1.ª parte: 49-60); Aulas (2.º período, 2.ª parte [confinamento em fevereiro]: 61-72); Aulas (2.º período, 3.ª parte [confinamento em março]: 73-88); Aulas (3.º período, 1.ª parte [confinamento em abril]: 89-..);  Apresentações (1.º período); Apresentações (2.º período); Apresentações (3.º período)Planos de aulas; Programa; Aprendizagens essenciais: 10.º, 11.º, 12.º; Horário do professor; Índice de todos os anos aqui; Alguns trabalhos antigos aquiInstrumentos Catálogo da biblioteca da escola; Dicionário Terminológico (definições de gramática); Base de dados morfológica (flexão de verbos, por exemplo); Dicionário de estrangeirismos; Dicionário de termos literários; Linguagista (sobre erros correntes); Certas Palavras (curiosidades linguísticas); Nomes e mais nomes (sobre nomes de batismo); Ciberdúvidas; Pórtico da língua portuguesa (ACL); Dicionário de Personagens da Ficção Portuguesa; Biblioteca Nacional Digital; Biblioteca Digital Camões; Biblioteca Digital Mundial; Bibliotrónica; Forma de vida (revista do programa em Teoria da literatura); Jogos florais (poesia e crítica); Estúdio Raposa (audioblogue); Lugares Comuns (programa radiofónico sobre expressões idiomáticas); RTP Ensina (português); Exames Exames nacionais de Português: 2020 (1.ª fase: prova; critérios de classificação; 2.ª fase: prova, critérios); 2019 (1.ª fase: prova; critérios; 2.ª fase: prova, critérios); 2018 (1.ª fase: prova, critérios; 2.ª fase: prova, critérios); Exames nacionais até 2017; Itens com Os Lusíadas nos exames nacionais; Itens de gramática em exames (organizados por assuntos); Grupo III nos exames de 2016 e 2015; Dados sobre cursos superiores; Gramática Capítulos de manuais (princípios de cortesia e de cooperação [nGDP]; atos ilocutórios [nGDP]; tipos de texto [nGDP]; figuras de estilo [nGDP]; modos literários [nGDP]; variação e normalização linguística [nGDP]; coesão referencial (anáfora, catáfora, etc.) [nGDP]; processos fonológicos [nGDP]; funções sintáticas [nGDP]; coordenação e subordinação [nGDP]; relato do discurso [nGDP]; discurso direto, direto livre, indireto e indireto livre [EGES]; processos morfológicos de formação de palavras [nGDP]; processos irregulares de formação de palavras [nGDP]; classes de palavras [nGDP]; verbo e flexão verbal [nGDP]; adjetivos [nGDP]; preposições [nGDP]; colocação do pronome pessoal átono [M]; conotação, denotação; polissemia; homonímia; hiperonímia; holonímia; campo lexical, campo semântico [nGDP]; predicativo do sujeito e predicativo do complemento direto [EdE]; tempo, aspeto, modalidade [nGDP]; deíticos [nGDP]; polaridade [nGDP]; coerência e coesão textuais [nGDP]; acentuação gráfica [GFP]; pontuação [nGDP]); paratexto [nGDP]; léxico do português [EE]; neologismos, arcaísmos, empréstimos e estrangeirismos [EE]; palavras vernáculas e cultismos [EE]); Chaves para compreensão de verbete de dicionário; Programas sobre História da Língua Portuguesa; Entrevista a Ivo Castro sobre variação linguística; Clips brasileiros sobre língua; Padre António Vieira «Sermão de Santo António» (documentário da série 'Grandes livros'); «Ser o sal da terra» (programa de rádio com explicação da expressão); Vinte e um milagres de Santo António; Glossário de termos úteis ao estudo do «Sermão»; Palavra e Utopia (filme de Manoel de Oliveira sobre Vieira, de 2000); De lá para cá (programa de televisão brasileiro sobre Vieira); Câmara clara sobre Vieira (com Isabel Almeida e José Pedro Paiva); Padre António Vieira: uma vida, uma obra (documentário, velhinho, de Alfredo Tropa/Lourdes Belchior); «Uma vida apaixonada» e «O imperador da palavra» (programas de José Hermano Saraiva); Edições correntes do «Sermão de Santo António» (digital; pdf); Aula-vídeo sobre o «Sermão de Santo António»; «Sermão de Santo António» (declamado por Ary dos Santos); «Sermão de Santo António» (lido por Pedro Guilherme); Leituras integrais do «Sermão de Santo António»; Dois filmes sobre Santo António; Almeida Garrett Frei Luís de Sousa (filme de 1950, de António Lopes Ribeiro); Quem és tu? (filme de 2001, de João Botelho); Madalena (peça de 2013, pelo grupo Ensemble); Alguém (peça radiofónica de 1999, de António Torrado); Sobre Garrett e Herculano (entrevista com Vitorino Nemésio); Sobre Garrett (entrevista com Ofélia Paiva Monteiro); Manuel de Sousa Coutinho aka Frei Luís de Sousa (por José Hermano Saraiva); «Viagens na Minha Terra» ('Grandes livros'); «A viagem de Garrett» (documentário biográfico); «Almeida Garrett e o Romantismo» e «O Romantismo de Garrett» (programas de José Hermano Saraiva); Programa, velhote, sobre Garrett (série 'Escrever é lutar'); Obras de Garrett digitalizadas; Site de Garrett na BNP; PDF de Frei Luís de Sousa; Análises de Frei Luís de Sousa e canções pelas turmas de 2012-2013 (1.ª, 3.ª, 4.ª, 6.ª, 9.ª) e de 2015-2016 (1.ª, 5.ª, 7.ª, 8.ª, 12.ª)Comentários sobre Frei Luís de Sousa e uma canção pelas turmas de 2018-2019: 2.ª, 3.ª, 4.ª, 5.ª, 9.ª; Camilo Castelo Branco «Amor de Perdição» (série 'Grandes livros'); «Os dramas de Camilo» (programa de José Hermano Saraiva); Sobre Memórias do Cárcere; Amor de Perdição, filme de 1921, de Georges Pallu (curtos passos); Amor de Perdição (filme de 1943, de António Lopes Ribeiro); Amor de Perdição (filme de 1978, de Manoel de Oliveira); Um Amor de Perdição (trailer do filme de 2008, de Mário Barroso); Amor de Perdição, de 1978, de Manoel de Oliveira (trecho com passo do cap. 4trecho com carta de Simão; curtas passagens e entrevista); Amor de Perdição (5.ª edição, 1878); Projeto Gutenberg (edição de 1862 descarregável: Amor de Perdição); PDF de Amor de Perdição; pedeefes de boas edições de obras de Camilo (escolher‘edição crítica de CCB’); Comentários a Amor de Perdição e um filme pelas turmas de 2018-2019 (2.ª, 3.ª, 4.ª, 5.ª, 9.ª); Eça de Queirós «Os Maias» (série 'Grandes livros'); «Episódios da vida romântica» (documentário); «Notas breves sobre Eça de Queirós» (documentário); Eça, evocado pela filha (depoimento); Os Maias (adaptação teatral por José Bruno Carreiro); Os Maias (realizado por João Botelho); Série brasileira inspirada em Os Maias; Séries televisivas ou radiofónicas inspiradas em obras de Eça: O Mandarim, O Conde de Abranhos, A Cidade e as Serras; Entrevista com Carlos Reis (sobre edição crítica); Blogue Queirosiana; Site de Eça na BNP; Obras de Eça digitalizadas; Os Maias (edição de 1888); A Illustre Casa de Ramires (1900); Projeto Gutenberg (para descarregar edições de 1900 e de 1888: A Ilustre Casa de Ramires; Os Maias); PDF de edição atual de A Ilustre Casa de Ramires; PDF de edição atual de Os Maias; Varia sobre A Ilustre Casa de Ramires; Trabalhos sobre capítulos de Os Maias (das turmas de 2012-2013; das turmas de 2015-2016) ou de Os Maias/A Ilustre Casa de Ramires (das turmas de 2018-2019); Antero de Quental Biografia (curta); «Antero de Quental» (documentário-aula por Carlos Reis); Aula sobre Antero (por professora brasileira); «Anthero: poeta, pensador, panfletário» (documentário); O Palácio da Ventura: parte I; parte II (filme de ficção relativamente documental); Na Mão de Deus: parte 1; parte II (filme de ficção sobre morte de Antero); Coleção de Antero na BNP; Os Sonetos Completos (1886); Projeto Gutenberg (edição de 1886 descarregável: Os Sonetos Completos); Cesário Verde «O Livro de Cesário Verde» (série 'Grandes livros'); Documentário, aborrecido, sobre Cesário; «Cesário Verde, poeta» (documentário); «Uma visão plástica do real» (documentário); O Livro de Cesário Verde (edição de 1887); PDF de edição atual de O Livro de Cesário Verde; Portugal a Camões (com «O Sentimento dum Ocidental»); Análise de «O Sentimento dum Ocidental» (por Helder Macedo); Declamações de «O Sentimento dum Ocidental»; Trabalhos com poemas de Cesário Verde pelas turmas de 2013-2014 (1.ª; 3.ª; 4.ª; 6.ª); Comentários sobre Cesário Verde e um quadro pelas turmas de 2018-2019 (2.ª, 3.ª, 4.ª, 5.ª, 9.ª)Concursos Correntes d’Escritas (conto vencedor de 2014, por Luísa Morgadoregulamento da edição de 2020o conto de Ana, do 12.º 3.ª, «Relógios Parados», venceu a edição de 2019-2020 — ata do júri; dossiê da cerimónia de encerramento); Concurso Literário José Gomes Ferreira (textos vencedores da edição de 2015-2016; resultados da edição de 2016-2017; resultados da edição 2017-2018; regulamento da edição 2019-2020); Olimpíadas da língua portuguesa; Olimpíadas da cultura clássica (bibliofilmes de Sofia e de Luísa, primeira e terceira classificadas da edição 2017-2018; filmes de Marta (11.º 2ª), vencedora da edição 2018-2019, e de B. Entrezede, Guilherme, Mafalda & Natacha (11.º 5.ª), e de Eduardo, Júlia, Rodrigo, Margarida (11.º 4.ª), menções honrosas); Concurso Inês de Castrofilme de Joana, Laura & Mafalda (11.º 4.ª), que representou a escola); Concurso 'Quem é Calouste?'conto de Tita (11.º 3.ª), segundo classificado; Concurso literário 'A ética na vida e no desporto' — 2019: textos de Marta (11.º 2.ª), vencedora, e de Mafalda (11.º 3.ª), menção honrosa; 2020: texto de Raquel (12.º 9.ª), que venceu o concurso: aqui; Crónicas de viagem ('Fugas dos leitores') publicadas no Público: de Marta (10.º 2.ª), de Inês S. (10.º 3.ª), de Teresa (10.º 3.ª), de Ana (10.º 3.ª), de Afonso (10.º 2.ª), de Pedro (10.º 9.ª); de Tomás (10.º 4.ª); Livros Autores que foram alunos da nossa escola: Adília Lopes; Rui Zink; Manuel João Ramos; Luís Soares; Mário-Henrique Leiria, autor da minha vida de Nuno Markl; O livro da minha vida; Sobre obras da literatura universal; Coisas das aulas e das turmas Preceitos para o trabalho ao longo do ano; Correspondência das notas que costumo pôr nas redações a notas de 0 a 20; Que livros é preciso ler no 11.º ano?; Projeto de leitura do 11.º ano; Ainda o Projeto de leituraVale a pena comprar uma gramática?; Exercício (corrigido já) sobre «Dêixis» no Caderno de Atividades; Questionários de Proust; Cantigas Medievais Galego-Portuguesas (site); Exercícios do Caderno de Atividades (já corrigidos) sobre «Sermão» (p. 5) e sobre «Exórdio» (p. 6); Exercícios no Caderno de Atividades (já corrigidos) sobre «Texto e textualidade» (= coesão e coerência), pp. 32-33; Aula 37-38 (Quarentena do 11.º 5.ª) — esta turma, porém, deve ver a aula na sua Classroom, onde a aula ficará a partir das 8 de dia 24/nov; Aula 39-40 (Quarentena do 11.º 5.ª; Recuperação de tolerância de ponto para 11.º 1.ª) — esta aula pode, e deve, ser vista no Classroom das turmas em causa a partir das 8 horas de 26/nov ou talvez até antes); Instruções de tarefa sobre leitura de livro; Ainda sobre a gravação sobre experiências de leitura; Estou atrasado nos prometidos comentários a cada gravação vossa sobre livros. Para já, fica a sugestão de tarefas em que devem ir pensando e que podem ir fazendo (embora não se trate ainda da lista também prometida já com tudo para o resto do ano letivo). Para tepecê da aula 53-54: Dicionário de estrangeirismosNeologismos criados por colegas de há dois anos (para substituir estrangeirismos); Aula 57-58 (Confinamento do 11.º 2.ª); Aula 59-60 (Confinamento do 11.º 2.ª); Ponto da situação (tarefas a entregar, etc.)As aulas de Português de 8 de fevereiro em diante serão dadas com começo no link do Meet (à hora do início de cada aula, nas classrooms de cada turma, os alunos devem entrar pelo link que está na imagem da escola, cerca dos patos ou do galo); Aula 61-61; Aula 63-64; Aula 65-66; Aula 67-68; Aula 69-71; Aula 71-72; Aula 73-74; Aula 75-76; Aula 77-78; Aula 79-80; Aula 81-82; Aula 83-84; Aula 85-86; Aula 87-88Para descarregar obras do programa (embora os livros propriamente ditos sejam preferíveis); Menina e Moça, de Bernardim Ribeiro; Instruções para comentário-análise a Frei Luís de Sousa e canção; Aula 89-90; Aula 91-92