Monday, September 12, 2011

Bibliofilmes 10.º 1.ª


Inês C.
video


Inês C. / Marguerite Duras, Textos secretos / Muito Bom // Pontos fortes Ter-se conseguido «pastichar» com muita semelhança o estilo de Duras, entrecortado, um pouco sibilino, numa transposição criativa e bem escrita. Gosto na articulação com imagens, afinal escolhidas com simplicidade. Aspetos melhoráveis Notei uma única falha na leitura em voz alta, cerca de 2.39.



Inês P.
video

Inês P. / William Shakespeare, Romeu e Julieta / Muito Bom-/Bom+ // Pontos fortes Ser-se capaz de introduzir a obra, sem se cair numa abordagem expositiva: a Inês recorre a um formato narrativo, leve e inteligente, para valorizar o livro em causa (e consegue, sem recurso a texto empolado, fazer já algumas alusões literárias pertinentes). Aspetos melhoráveis Leitura em voz alta ainda não está ao nível da conceção e da escrita.



Francisco R.
video



Francisco R. / Mark Twain, As Aventuras de Huckleberry Finn / Bom -/(Suf+) // Pontos fortes Apesar de eu não defender que se adote muito esta solução de simples reconto, reconheço que, neste caso, pode tornar o livro apetecível a leitores. Esse reconto implicou decerto bastante trabalho (dada até a necessidade de articulação com imagens), embora a escrita me parecesse pouco burilada (afetada, aqui e ali, por tradução?). Aspetos melhoráveis Era de evitar usar tanto imagens que não são originais. Por outro lado, a necessidade de ir fazendo texto relativo a essas imagens levou a que o reconto se alongasse demasiado, numa abordagem exclusivamente narrativa. Leitura em voz alta tem algumas falhas.




Beatriz
video


Beatriz / Marguerite Yourcenar, Memórias de Adriano / Bom +/Muito Bom - // Pontos fortes Redação, de texto que segue o registo da prosa no livro de Yourcenar mas criado por Beatriz. Apesar de longo, este texto tem sempre boa sintaxe e foi muito bem lido. Aspetos melhoráveis Uma hesitação na leitura (cerca de «viagens», logo no início). As ilustrações entre o segundo minuto e o terceiro parecem-me menos bem escolhidas do que as restantes.



Pedro D.
video


Pedro D. / Miguel Sousa Tavares, Sul / Muito Bom - // Pontos fortes Coordenação entre texto (de criação própria) e imagens. Elegância do resultado, decerto a implicar não pouco trabalho e planificação. Leitura em voz alta terá sido bastante ensaiada (e saiu bastante bem, embora, aqui e ali, quase enfática). Referência bibliográfica correta (de que tantos se esqueceram!). Aspetos melhoráveis Um erro, de pronúncia ou logo na redação (não sei), em «devastar» (1.o7). «Compensadores» seria preferível a «compensatórios».



Guilherme

video


Guilherme / Italo Calvino, O visconde cortado ao meio / Muito Bom -/Bom+ // Pontos fortes Criação de texto próprio a partir da obra de Italo Calvino. Qualidade da encenação/realização e da atuação (incluindo a expressão oral, é claro). Aspetos melhoráveis Som ficou baixo, o que prejudica a cabal receção.




Luís
video

Luís / Isabel Allende, A cidade dos deuses selvagens / Bom (+) // Pontos fortes Boa abordagem do livro, com transposição num texto próprio, muito bem escrito (mas há um «que paralizou-nos» que deveria ser «que nos paralizou»; e «que levar-nos-iam» que seria «que nos levariam». Solução das imagens dentro do livro foi bem imaginada. Aspetos melhoráveis Leitura em voz alta (em geral, um pouco apressada).



Marta
video

Marta / Fiodor Dostoievsky, O sonho dum homem ridículo / Suf - // Pontos fortes Leitura em voz alta, em tom adequado, mostra capacidades (embora o texto, extenso, em linguagem que a Marta não domina, faça que a leitura não seja perfeita e acabe por haver várias hesitações). Aspetos melhoráveis Ser o texto reproduzido da Wikipédia (não podemos, em trabalhos nossos, usar textos de outros; de resto, este texto está longe de estar bem escrito, como tantas vezes acontece com textos da net).




João S.
video


João S. / Alberto Caeiro, O Guardador de Rebanhos / Bom - / Pontos fortes Um pouco como no microflme autobiográfico, João assume uma expressão oral informal, relativamente improvisada, em conversa, que até resulta agradável (embora não represente grande mérito em termos estritamente escolares). Aspetos melhoráveis A abordagem ensaística, de comentário, não facilita (o texto, forçosamente, nunca seria perfeito; ainda é um género que não dominam). Preferia que se tivesse evitado um autor que é fulcral no programa do 12.º ano (quando se chegar lá, ver-se-á que há interpretações feitas agora que têm de ser bastante reformuladas).



Pedro C.
video

Pedro C. / Jostein Gaarder, O Mundo de Sofia / Bom - // Pontos fortes Leitura em voz alta, pausada e muito clara. Planos finais com gato e livro. Aspetos melhoráveis Livro escolhido não é aceitável para este trabalho (é um manual de filosofia, embora com formato de romance; não me parece correto que se queira matar dois coelhos, duas disciplinas, Filosofia e Português, de uma só cajadada; nas minhas instruções, não se recomendava este tipo de livros). Abordagem de comentário/reconto também era de evitar (ainda por cima, parece-me, aqui e ali, bastante wikipédica).



Duarte
video

Duarte / Joaquim Paço d’Arcos, Memórias de uma nota de banco / Bom // Pontos fortes Seriedade do trabalho. Boa escolha de livro. Redação e leitura em voz alta sem falhas importantes. Aspetos melhoráveis Admito que uma abordagem criativa, em vez da de comentário-reconto, fosse preferível (por exemplo, escrever o capítulo que a nota narrasse quando no bolso de nova personagem ausente no romance). Retrato de Damião de Góis quando se apresenta o autor do livro induzirá em erro muitos (embora depois se perceba que é alusão à nota).

Pedro M.
video


Pedro M. / Manuel Alegre, O canto e as armas / Muito Bom (-) // Pontos fortes A estratégia de comentar o texto, em termos relativamente convencionais, era arriscada, mas Pedro cumpriu-a bem (na redação e na expressão oral). Há no filme vários detalhes de conceção, montagem, efeitos, que mostram criatividade, capacidades técnicas, leve ironia e, decerto, implicaram bastante trabalho. Aspetos melhoráveis Creio que ilustração por slides do texto lido nem sempre resulta. Extensão (eu pedira cerca de três minutos...).



Rui
video

Rui / Sophia de Mello Breyner Andresen, O Cavaleiro da Dinamarca / Bom (-) // Pontos fortes Leitura em voz alta em ritmo adequado. Estilização económica mas com bom gosto (ideia de ir selecionando trechos e os colorir). Aspetos melhoráveis Ter-se escolhido livro que costuma ser obra de leitura em outros níveis escolares (e que, aliás, se pode considerar dentro do grupo de obras para jovens que eu advertira não se dever usar). O que se pronunciou «guardia» era decerto «guarida». E «ab[e]to» costuma pronunciar-se «ab[ε]to».



Miguel M.
video

Miguel M. / R. A. Salvatore, Exílio / B - // Pontos fortes Várias ideias originais e inteligentes (porém, executadas, depois, com pouca perfeição, porque implicariam mais ensaios, que não terá havido). Intuição narrativa e conhecimento de como se pode construir filme. Aspetos melhoráveis Falhas de expressão oral (conceção do filme era muito exigente; revisões e ensaios, como disse, não terão sido muitos). Mais uma vez, num trabalho do Miguel, se excedeu muito o tempo estipulado.



Mónica
video
Mónica / Anton Tchekov, A minha mulher / Bom (-) // Pontos fortes Leitura em voz alta e, por ser reflexão própria, o texto escrito. Aspetos melhoráveis Algumas falhas de redação («coisas que daria pouca importância» era «coisas a que daria pouca importância»; «mete à frente», «põe à frente»; evitar-se-iam tantas repetições de «pessoa(s)»; e seria mesmo «presunçoso»?). Em termos de imagens, estilo minimal (que, no entanto, acaba por funcionar, concentrando-nos no ensaio de Mónica).







Cláudia

Cláudia / José Saramago, Ensaio sobre a cegueira / Bom - // Pontos fortes Enquadramento inicial (experiência já do filme, etc.). Alguns bons momentos em termos visuais. Leitura calma. Aspetos melhoráveis Demasiado tempo gasto com a biografia de Saramago. Ter-se querido recontar a história (as apreciações críticas que lemos em aula a este filme/livro alertavam para esta dificuldade). Som pouco audível.



Francisco S.

Francisco S. / Ernest Hemingway, O Velho e o Mar / Bom-/Suf+ // Pontos fortes Introdução, pessoal, a justificar as hesitações na escolha, em estilo levemente irónico. Aspetos melhoráveis Abordagem convencional (apresentação do autor, seguida de quase-reconto), que eu pedira não seguissem. A redacção desta segunda parte parece-me já menos original, e terá sido aqui e ali fundada sobre textos ensaísticos (da net ou de livros), o que se deve evitar. (O Velho e o Mar integra o programa do 9.º ano, mas creio que não foi lida o ano passado cá na escola e por isso é escolha aceitável.)



João R.

João R. / Arthur Conan Doyle, As aventuras de Sherlock Holmes / Bom -/Bom (-) // Pontos fortes A primeira metade do filme, com contextualização pessoal acerca de como se começou a ler este autor, é bastante agradável de ouvir (embora, em geral, o som do filme não seja famoso). Ter-se escolhido um autor de que efetivamente se gosta (e, com efeito, não faltam bons autores de policiais que podem vir a gostar de ler). Aspetos melhoráveis Segunda metade do bibliofilme ficou talvez demasiado filosófica, especulativa (mas, pelo menos, fugiu-se ao comentário wikipédico que tenho criticado em outros filmes). Leitura em voz alta pareceu-me um pouco apressada. Falta a referência bibliográfica (como em tantos outros bibliofilmes, apesar de constar esse pedido nas minhas instruções).



Miguel F.

Miguel F. / [Álvaro de Campos, Poemas] / Bom (-) // Pontos fortes Estilo informal, ligeiro, lhano, que se se segue bem e em que se insere naturalmente a menção ao poema. Leitura sem falhas (mas menos expressiva do que deveria ser; e «Mercure» devia ser lido à francesa). Aspetos melhoráveis Na verdade, não se refere uma obra, mas um poema apenas.



Noorani

Noorani / Primo Levi, Se isto é um homem / Suf+/Bom- // Pontos fortes Consegue-se, pelo tom de leitura em voz alta, por imagens e música, pela revelação do título no final, criar clima de expectativas sobre a obra, que convida a conhecer o livro. Aspetos melhoráveis Ter-se apostado apenas na leitura de trechos do livro, sem criação escrita própria. Certos cortes no som (que, involuntariamente, eliminaram curtas frases).



Tomi

Tomi / Alves Redol, Constantino, guardador de vacas e de sonhos / Bom (+) // Pontos fortes Imagens e música transportam-nos bem para o ambiente do protagonista (curiosamente, por não serem demasiado objetivos: o rio não nos confina a um contexto único, permite que formemos nós o resto do cenário). Alguns momentos bons na leitura (ao lado de outros mais fracos). Aspetos melhoráveis Não surge a referência bibliográfica que pedira (ao contrário, temos um título aspado e com um erro: «sonho[s]»). Também sugeri que se evitasse o reconto e o comentário (que, no entanto, neste caso não resultam mal).



###